Acompanhe seu processo

MEU PAI PRECISA RECONHECER A CIDADANIA ITALIANA ANTES DE MIM?

A resposta curta e grossa é: NÃO!

Diferente das regras estabelecidas pelos governos de portugal ou espanha, por exemplo, a Itália não exige que todas as gerações tenham sua cidadania reconhecida para que você possa requerer.

Este é mais um mito que circunda o mundo da cidadania italiana. E, em nossa opinião, a Itália segue a linha correta de raciocínio. Não importa onde você nasceu. O que importa de verdade é de onde você foi originado!

Na época em que nossos avós ou bisavós vieram para o Brasil, eles estavam preocupados com outras questões e, muitas vezes, não fizeram questão de registrar a cidadania italiana de seus filhos já nascidos no Brasil. Seria muito injusto e sem sentido não permitir que as outras gerações não pudessem reconhecer suas cidadanias de origem.

Portanto, mesmo que você tenha qualquer geração entre seu ascendente e você que não reconheceu sua cidadania ainda, não se preocupe. Você pode reconhecer a sua mesmo assim. Basta comprovar a linha de descendência do italiano até você!

italia

Comentários ( 135 )
  1. Vanessa

    Ola, meu pai já tem a cidadania italiana, me informaram que atravs do consulado onde ele fez sua cidadania fica mais facil para conseguir a minha, ess informação confere. O que ele me enviou foi todas as xerox das certidoes dos antepassados, qual é proximo passo que devo trilhar?

  2. Rafaela Gerbassi

    boa tarde,

    meu avô e meu tio (irmão da minha mae), tem a cidadania italiana. minha mae precisaria tirar para eu tirar ou consigo dar entrada sem que minha mae tenha a cidadania.

  3. Eduardo Gueller

    Meu bisavô italiano registrou meu avô quando ele já tinha 22 anos, terei problema em requerer a cidadania italiana por esse motivo?

  4. Guilherme

    Olá !
    Meu bisavô por parte de pai era Italiano e estou juntando documentação para solicitar cidadania pra mim e para minha mãe. Meu pai faleceu em 1985 e quero saber se é possível solicitar cidadania por casamento pra minha mãe viúva, que não se casou de novo. Ela se casou com meu pai em 1969.
    Obrigado.

    • gatto Post author

      Guilherme, seu pai era cidadão italiano?
      Gatto

      • Guilherme

        Olá! Efetivamente não. Ele teria direito pela linha, por ser neto de italiano. Não tiramos a cidadania dele antes dele falecer. Por isso a pergunta. Estou tirando a cidadania pela linha dele (Bisavô Italiano, Avô Brasileiro do meu pai brasileiro, mas já falecido) e saber se quando juntar a documentação para a minha cidadania posso pedir pelo casamento da minha mãe, apesar de meu pai já estar falecido.

  5. Matheus Gazzola

    Tudo bom?

    Tenho uma pergunta e não encontrei ninguém com a mesma dúvida aqui nos cometários.
    Se meu pai e eu vamos juntos para a Itália fazer o requerimento da cidadania (estaríamos morando no mesmo endereço lá), cada um de nós precisa de documentos separados?

    Explicando melhor, ele terá que apresentar todas as certidões devidamente traduzidas e apostiladas e eu posso apresentar os mesmos documentos ou eu precisaria ter também outras vias dos mesmos documentos?

  6. Tatiana

    Olá bom dia meu filho tem 9 anos e gostaria de saber se ele com essa idade posso representa-lo legalmente para que o mesmo possa tirar a sua cidadania italiana, ja que o pai não faz ainda e não casamoss quando ele foi registrado. Desde ja agradeço.

    • gatto Post author

      Tatiana,
      Se o pai for italiano, basta preparar a certidão de nascimento do seu filho e enviar ao consulado.
      Se o pai não for italiano reconhecido, é necessário que ele faça o próprio reconhecimento antes e declare o filho, apresentando a certidão de nascimento traduzida e apostilada.
      Gatto

  7. ana lucia

    Oi, sou filha de italianos, meus irmãos são italianos, porem eu nasci no Brasil, queria saber se o processo é mais rápido aqui no Brasil, e se assim que for liberado posso passar a cidadania aos meus filhos, eles são maiores de idade e casados

    • gatto Post author

      Aline,
      Atualmente, é possível entrar com o pedido de reconhecimento diretamente via consulado, se você for filha de cidadãos italianos (nascidos na Itália) e seus pais estiverem com o cadastro consulado atualizado.
      Gatto

  8. rosmary

    Tenho uma dúvida. Minha filha e eu iamos pra italia juntas ,requerer a cidadania italiana com os mesmos documentos no comune onde meu avo nasceu, mas nao pude ir ,entao ela foi sozinha , deu entrada e ja recebeu a documentaçao dela,eu vou ir agora ,poderei usar a mesma pasta no mesmo comune, e tenho um filho no brasil que nao pode ir e deficiente fisico , ele e de maior ,posso requerer a cidadania de la sem ele precisar ir a italia ,levando a documentaçao dele documentos dele

    • gatto Post author

      Não.
      Todo requerente maior de 18 anos precisa ir pessoalmente para pedir a residência e, posteriormente, o reconhecimento da cidadania.
      Gatto

      • rosmary

        sendo que meus documentos ja estao nesta pasta eu posso usar a mesma pasta, no mesmo comune, ou tenho que levar mais documentos daqui? ou so tenho que dar entada e ficar os 90 dias

  9. Edilma Gois

    Olá, Boa noite, meus filhos e sobrinhos querem o reconhecimento da cidadania italiana na Itália, porém, meu marido e meu cunhado não querem ir porque ambos tem medo de viajar de avião. Meus sobrinhos e minha filha são maiores de idade, mas meu filho caçula tem 13 anos. Pergunta: Eles podem ir e requerer sozinhos? Eu posso ir e tbm solicitar a minha como esposa?
    Grata

  10. renata

    Poderia me ajudar, tô na busca pela cidadania Italiana,meu pai fez uma escritura publica de reconhecimento de paternidade quando eu era de maior, meu pai é filho de italiano porem não tem a cidadania italiana.Minha mãe e meu pai não se casaram no papel. No meu caso posso herdar a cidadania dos meu avós,tendo eu uma escritura publica onde meu pai me reconhece como filha.
    Como posso proceder, tenho direito uma fez que todos os descendentes de italiano,sem limite de geração,podem ter sua cidadania reconhecida

    Deste já agradeço..

  11. Anderson schiavo

    Ola tudo bem?
    Meus primos por parte de pai ja tem a cidadania Italiana, eles me informaram que para eles ter o meu pai teve que regulariza tb segundo eles meu pai ja tem tb como eu faço para saber se meu pai ja tem a cidadania?

    • gatto Post author

      Anderson,
      Impossível lhe responder esta dúvida. Creio que o mínimo que uma pessoa deva saber é se é ou não é cidadão de um país. Portanto, pergunte ao seu pai se ele é cidadão ou não.
      Gatto

  12. Cassiano Moraes Piloni

    Boa noite, precisava tirar uma dúvida. Meu primo vai dar entrada no processo de cidadania italiana na embaixada de Brasília, pois ele e seus pai moram em Anápolis – GO. Eu vou entrar junto nesse processo mas moro no RS, e pelo que sei preciso transferir meu título de eleitor pra Goiás, pois a embaixada da Itália abrange apenas processos de alguns estados. Meu pai não tem interesse nesse processo, e minha dúvida é saber se ele também precisará transferir o título dele pra Goiás, ou apenas eu que tenho interesse na cidadania italiana preciso fazer esse procedimento?

  13. GABRIELE LANZONI

    Olá! Tenho uma questão que ninguém consegue responder ao certo.
    Eu, meu irmão, pai, tios e primos vamos iniciar o processo de cidadania. Meu bisavô é italiano, tudo certo.
    A dúvida é, CADA UM PRECISA TIRAR UMA CERTIDÃO DO MEU BISAVÔ E AVÔ e colocar na sua exclusiva pasta individual OU é feito uma única pasta requerendo o de TODOS juntos, contendo as certidões de Bisavô e avô apenas uma vez?

    • gatto Post author

      Gabriele,
      Depende. Se vocês forem fazer o processo no mesmo comune italiano, não é necessário que façam uma pasta individual para cada um.
      Agora, se forem fazer no consulado italiano, em tempos distintos, é necessário sim! Se forem dar entrada juntos no consulado italiano, também não é necessário.
      Gatto

  14. Thayse Nandi Souza

    ola, fiz meu processo de reconhecimento em 2012 na italia. Se minha mae hoje quiser fazer a dela, basta pedir o passaporte? Ja que junto ao meu pedido estao as certidões dela. Se sim, tem que ser na italia ou ela consegue pelo brasil? Ou ela tera que fazer pedido de reconhecimento igual eu fiz? desde ja obrigada!

    • gatto Post author

      Thayse,
      Ela pediu o reconhecimento também? Não adianta só que os documentos estejam juntos no seu pedido. Ela deveria ter pedido ativamente o próprio reconhecimento.
      Gatto

  15. philipe

    ola tenho 1 duvida amigo.
    eu tenho a cidadania italiana e mandei todas certidões de meu pai. e Eu reconheci a cidadania.
    a pergunta é, tive que provar que sou filho de meu pai, avo bisavo. pai , MEU pai tem alguma prioridade pois os papeis dele se encontram em Curitiba para ter o reconhecimento?

    • gatto Post author

      Philipe,
      Entre em contato com o consulado de Curitiba para verificar se eles autorizam a utilização dos documentos já depositados por lá.
      Alguns consulados italianos autorizam e outros não.
      Gatto

  16. Rodolfo Reis

    Oi Gatto, excelente o seu portal e sua atenção com todos que lhe escrevem.
    Meu trisavô era Italiano, minha bisavó brasileira, minha avó brasileira e nascida em 1935, minha mãe é brasileira nascida em 1963. Tenho direito ao reconhecimento da cidadania Italiana, em caso afirmativo, como proceder?, quanto tempo leva? Qual o custo médio?
    Um abraço

    Desculpe-me o incomodo

  17. Eliane

    BOA NOITE!! MEUS FILHOS TEM DUPLA CIDADANIA ITALIANA, MINHA FILHA E MENOR MAS MEU FILHO TEM 26 ANOS, ELE TIROU ATRAVES DO PAI DELES E HOJE JA NAO SOMOS MAIS CASADOS, MEU FILHO CONSEGUE PASSAR PARA MIM TAMBEM? Obrigada

  18. Maria Della Rosa

    Feliz 2018 pessoal.

    Venho por meio deste esclarecer 2 dúvidas..
    1a – Meu pai já tem cidadania, pelo número do processo consigo tirar a minha também, mais facilmente ?
    2a – Tenho familiares na Espanha, consigo realizar meu processo (contando que eu consiga ver pelo número do processo do meu pai?) por algum consulado italiano de lá ?

    Muito obrigada

    • gatto Post author

      Maria, como vai? Feliz 2018 para você também!

      Suas respostas:
      1) Infelizmente isto não facilita em nada, porque o consulado de São Paulo não permite a utilização de pastas já abertas por familiares no passado;

      2) Você pode, caso fixe residência legalmente na Espanha. A cidadania italiana pode ser requerida em qualquer consulado do mundo, desde que você tenha residência neste país;

      Gatto

  19. Alexandra

    Olá!

    Sendo residente no Brasil, a única forma de fazer o processo é via Consulado? Ou empresas como a de vocês podem requerer a cidadania diretamente na Itália?

    Grata,

    Alexandra

    • gatto Post author

      Sendo residente no Brasil, somente através dos consulados italianos.

      Para fazer na Itália, é necessário que você fixe residência no país, antes de iniciar o processo.
      Gatto

  20. Rafael Cizeski Nitchai

    Olá,

    Meu tetravô era italiano. Porém, nenhuma das gerações posteriores reconheceu a cidadania. A prima de minha mãe obteve recentemente e me informou que a sexta geração de descendentes só poderia obter a cidadania, caso o ascendente da quinta geração também tivesse obtido. No meu caso, seria necessário que minha mãe obtivesse primeiro para que eu pudesse reconhecer a minha.

    Isso é verdade??

    Agradeço desde já pela atenção

  21. Custódio

    Boa tarde, meu avô era italiano, quando chegou ao Brasil casou-se e ficou viúvo, depois casou-se com a minha avó só que não consegui achar o registro de casamento dele com minha avó, o nome dos dois consta na Certidão da minha mãe, se ele não se casou com minha avó isso interfere no pedido de Cidadania?

    • gatto Post author

      Custódio,

      Se ele não se casou no civil com a sua avó E foi o declarante do seu pai/mãe, a transmissão é legítima.
      No entanto, você deverá conseguir comprovar que eles não foram de fato casados. Se por um acaso em outra certidão aparecer que eles eram casados, você poderá ter problemas.
      Gatto

  22. Bruna

    Prezado, boa tarde.
    Meu bisavô (falecido) era italiano, entretanto, meu avô (falecido) e meu pai (vivo) não possuem cidadania. Posso dar entrada na minha cidadania pelo Consulado Italiano do RJ direto, ou preciso que meu avô e meu pai também a tenha primeiro?

    Obrigada!

  23. cesar martins

    Boa tarde!

    Tenho uma dúvida. Minha irmã requereu a cidadania italiana a alguns anos. Quando ela requereu também solicitou a do meu pai, portando o meu pai já tem a cidadania.
    Agora pretendo requerer a minha. A pergunta é a seguinte: Preciso apresentar todas as certidões também do meu avô ou o fato do meu pai já ter conseguido a cidadania posso apresentar somente as certidões dele. Tenho urgência na resposta, pois meu agendamente é agora em novembro.
    Desde já agradeço antecipadamente

    Valéria Totola

    • gatto Post author

      Cesar, boa tarde. Obrigado por sua participação!
      Sua resposta dependerá do consulado em que você for apresentar o pedido. Se for em São Paulo, é necessário apresentar todas as certidões, partindo do antenato italiano até chegar em você.
      Alguns consulados permitem aproveitamento de pasta, como Recife, por exemplo.
      Deste modo, precisaria saber qual consulado você vai apresentar. De qualquer forma, esta resposta será melhor dada, certamente, pelo consulado. Recomendo que você entre em contato diretamente com o consulado, pois esta questão varia muito de tempos em tempos e de consulado para consulado.
      Conte conosco!
      Gatto

  24. Marcelo

    Olá, meus pais são vivos, moram no Brasil e ambos possuem os passaportes italiano e brasileiro. Além disso, ambos possuem o RG estrangeiro. Nesse caso minha cidadania fica facilitada ou isso não interfere em nada?

  25. cleusa viviani

    Ola, meu bisavo era italiano e meu pai foi para a Italia onde fez requerimento de cidadania fez os documentos dele, ha mais de 10 anos.. Portanto ele ja e Italiano.
    Qual documento eu tenho que providenciar para fazer a minha cidadania?

    Tenho que providenciar toddos os documentos desde meu Bisavo ate chegar em mim,ou tenho que apresentar apenas a certidao de nascimento itaaliana de meu pai junto com a CNN de meu pai no Brasil?
    Ou CNN do bisavo? Muito confuso. Obrigada pela sua atencao.

  26. Fabiana

    Ola, boa noite.
    Meu bisavô ja faleceu e era italiano, eu tenho que levar o atestado de óbito dele no consulado, pra comprovar que ele era italiano e comprovar que tenho direito a cidadania?
    Obrigada

    • gatto Post author

      Fabiana,
      O consulado exige sim as certidões de óbito para o reconhecimento da cidadania italiana.
      Nem todos os comunes italianos pedem, no entanto…
      Isto dependerá muito de onde você realizará o processo. De qualquer forma, na dúvida, eu recomendo sempre preparar as certidões de óbito também.
      Para saber quais documentos você precisa para o reconhecimento, acesse: http://gattocidadania.com/documentos-necessarios/
      Conte conosco!
      Gatto

  27. Fabio Ortense

    Olá Gatto,

    Minha dúvida talvez você consiga responder.. Meu bisavô era italiano. Meu avô não fez a cidadania dele e faleceu em 2002. Meu pai não tirou também (está vivo). Comecei a pesquisar tudo e surgiu o interesse do meu pai e da minha irmã em tirarem a cidadania. No mesmo processo eu posso solicitar as três (ou pela Itália, ou pelo consulado, mesmo demorando 10 anos)?

    Obrigado,

    Fabio

    • gatto Post author

      Fábio,
      Sim, você absolutamente pode pedir os 3 reconhecimentos no mesmo pedido, desde que seja feito no mesmo lugar!
      Única observação é que se fizer no consulado, os 3 pedidos tem que ser feito ao mesmo tempo. Já no comune italiano, é possível fazer os 3 processos, usando os mesmos documentos, em momentos diversos.
      Conte conosco!
      Gatto

  28. Devanir

    Boa tarde, meu nome é Devanir e tenho uma dúvida, meu filho já tirou a cidadania italiana esse ano e eu pretendo tirar o ano q vem na mesma cidade e comuni q ele tirou, tenho q levar tds os documentos de novo?

    • gatto Post author

      Devanir,
      Teoricamente não. No entanto, vale a pena consultar com o comune para saber qual o procedimento que eles utilizam, para não perder tempo no momento do seu reconhecimento.
      Digo isto, pois os comunes são obrigados a depositar os documentos na prefeitura local todo o ano. Caso o comune não tenha mantido cópias dos documentos do seu filho, eles precisarão pedir para desarquivar a pasta na prefeitura e isto certamente levará bastante tempo!
      É conveniente verificar antes!
      Gatto

  29. Olaaa, Boa noite!! meu pai tem dupla cidadania, eu sou a quinta ou sexta geração e no caso sou maior de idade teria a necessidade de ir a Italia retirar meu passaporte ou existiria a possibilidade de fazer aqui no brasil em cerca de 3 meses

    • gatto Post author

      Renan, boa tarde. Obrigado pelo seu comentário.
      Infelizmente, os consulados têm levado cerca de 10 a 12 anos para concluir os pedidos de reconhecimento da cidadania italiana. A alternativa que os descendentes encontraram para terem seu direito reconhecido em menor tempo, foi pedir diretamente na Itália.
      Na Itália, o processo leva menos tempo (cerca de 3 meses aproximadamente).

      Veja que você não vai para a Itália “retirar” seu passaporte. Você faz o processo de reconhecimento de uma nacionalidade. Depois disso, você pode emitir seus documentos pessoais e de viagem, inclusive o passaporte. É muito importante ter isto em mente e dar valor à cidadania e à pátria que você está para fazer parte.

      Um abraço e conte conosco!
      Gatto

  30. Boa tarde, queria esclarecer uma dúvida, não acho a resposta em lugar nenhum. Minha irmã (maior de idade) está correndo atrás da cidadania italiana, ela irá para a Itália afim de facilitar, queria ir com ela para também fazer a minha, porém sou menor de idade e meus pais não requereram a cidadania, posso ir e fazer assim mesmo com a minha irmã tendo uma procuração de tutela? Ou é obrigatório meu pai fazer por mim?

    • gatto Post author

      Iris,
      Vc terá problemas em declarar residência por conta própria, sendo menor de 18 anos.
      Seria necessários que seus pais (ambos) fizessem uma autorização para que você se inscrevesse no anagrafe do comune sem que eles fossem presentes.
      Gatto

  31. Maria Monte

    Olá, tudo bem?
    Vou fazer meu processo pela Italia, meu trisavô era italiano. Não sei sobre meu bisavô, mas minha avó e dois tios têm cidadania, meu pai não.
    Sei que esse é o tema do seu post, mas alguns parentes insistiram que era impossível reconhecer a minha sem ter a dele.
    Estou prestes a marcar minha passagem, então você poderia me ajudar?
    Grazie!

    • gatto Post author

      Maria,
      A cidadania italiana não depende das gerações anteriores para ser transmitida. O meu caso, por exemplo (Gabriel), foi assim: meu bisavô nasceu na Itália e foi para o Brasil. Meu avô nunca reconheceu a cidadania dele e faleceu em 2003. Eu reconheci a minha há cerca de 7 anos. Depois meu pai fez a dele.

      Veja que eu fui a geração mais jovem a fazer primeiro. Pulei gerações que nunca reconheceram e fiz antes do meu pai. Eu sou mais um exemplo como outros milhares e milhares de descendentes.

      Seus parentes estão errados. Vá tranquila!
      Gatto

  32. Gerson Blauth

    Boa Noite,
    Meu caso parece ser o oposto das consultas que voces tem recebido.
    Meus tres filhos e meu neto tiveram a cidadania italiana reconhecida, na mesma comune, em função dos meus ascendentes. Na época não fiz o processo para mim em função de tempo indisponível. Entretanto, hoje tenho interesse em te-la reconhecida. Todos os documentos incluindo obviamente os meus foram registrados na mesma comune. Isto facilitaria alguma coisa no meu caso? Como eu deveria proceder?
    Grato,
    Gerson

    • gatto Post author

      Gerson,
      Sim, teoricamente você poderia utilizar os mesmos documentos já apresentados pelos seus filhos. Isto pode ser feito APENAS caso você apresente o seu pedido no MESMO comune onde eles fizeram o reconhecimento deles.

      Digo teoricamente, pois cada comune funciona de uma forma diferente quando se trata de aproveitar pastas já abertas. Além disso, no final de cada ano, os comunes enviam estas pastas de documentos às prefeituras provinciais para arquivo. Caso eles não tenham mantido cópias conformes no comune, seria necessário pedir o desarquivamento à prefeitura provincial e este procedimento pode levar bastante tempo.

      Então, a menos que você conseguisse checar com antecedência a possibilidade de aproveitar a pasta, eu sugeriria que você preparasse toda a documentação novamente. Sei que isto lhe custará mais caro, mas poderá lhe evitar dores de cabeça.

      Conte conosco!
      Gatto

  33. Eduardo

    Boa Tarde!
    Meu pai é nascido no Brasil, e recentemente tirou a cidadania Italiana devido a descendência do Bisavô dele. Ele está morando na Europa atualmente, gostaria de saber o que tanto eu preciso para tirar a minha cidadania, vou precisar de todos os documentos que meu pai usou desde o seu bisavô? ou com o do meu pai eu consigo dar entrada no meu processo? quanto tempo leva aqui no Brasil e quanto se eu estiver na Italia? Qual o valor aproximado que eu preciso para fazer todo o Processo?

    • gatto Post author

      Eduardo,
      Se você fizer o processo no mesmo comune que seu pai, é possível aproveitar os documentos já utilizados por ele (desde que ele autorize a utilização da pasta).
      No Brasil, o processo varia de acordo com os consulados. Normalmente, de 2 a 10 anos.
      Já na Itália, os processos costumam levar de 1,5 a 12 meses, também sempre de acordo com a agilidade do comune e consulado (para envio da NR).
      Gatto

  34. FELIPE ANTONIO

    Boa tarde.

    Tenho um trisavô que nasceu em treviso na italia.

    Posso dar entrada na minha cidadania, mesmo tendo uma mulher na sucessão?
    Trisavô, Bisavô, Avó, Pai e Eu.

    E uma segunda pergunta é se meu trisavô casou na Itália antes de imigrar para Brasil, preciso da certidão de casamento dele.

    • gatto Post author

      Felipe, depende!

      Se o seu pai tiver nascido antes de 1948, o seu pedido deve ser feito por via judicial. Caso contrário, nada muda.
      Sim, você precisa da certidão de casamento dele de qualquer forma, tendo casado antes ou depois de emigrar da Itália.
      Gatto

  35. Thamires Provetti

    Olá, estou reunindo documentos para requerer a cidadania, a convocação para a minha família começa em setembro/2017. Vamos fazer pelo consulado de Belo Horizonte mas estou com uma dúvida. Eu posso agendar pro meu pai, eu e meu irmão no mesmo dia? Nesse caso, o meu pai apresentando as certidões primeiro, eu posso utilizar as mesmas certidões que ele acrescentando apenas a do meu nascimento? Ou eu tenho que ter todas as certidões em mãos também? Nesse caso gastaríamos mais pois teríamos que tirar três vias de todas as certidões. Ficaria bastante agredecida se pudessem responder essa minha dúvida, obrigada!

    • gatto Post author

      Thamires,
      Você pode agendar para todo mundo ao mesmo tempo, desde que consiga o agendamento.
      Para saber se é possível utilizar a mesma pasta, recomendo que entre em contato diretamente com o consulado, pois esta normativa muda de consulado para consulado. Em São Paulo, por exemplo, sei que é possível utilizar os mesmos documentos, desde que o requerimento, feito lá atrás, tenha sido feito para as pessoas que usufruirão dos mesmos.
      Depois que tiver a resposta, entre comente aqui para ajudar os demais leitores.
      Conte conosco!
      Gatto

  36. Marina

    Bom dia,

    Meu irmão já possui cidadania Italiana reconhecida e reside na Itália.

    Minha mãe consegue fazer a dela a partir da cidadania dele, ou deverá iniciar tudo do zero?

    • gatto Post author

      Marina,

      Sua mãe pode utilizar os documentos já usados por ele APENAS no caso de pedir o reconhecimento no mesmo comune em que ele fez o dele.

      Na prática, eu não recomendo fazer isso sem ajuda profissional ou sem consultar o comune antes, pois muitas vezes os comunes menos experientes fazem confusão com esta situação.

      Boa sorte e conte conosco!
      Gatto

  37. Wanderson

    Olá, meu pai e brasileiro e tem cidadania italiana, ele esta indo morar de novo na Itália, ele consegue tira minha cidadania na Itália sem minha presença?

    • gatto Post author

      Apenas se você for menor de 18 anos.
      Caso contrário, é necessário que você vá até a Itália e pedir sua residência no país, antes de dar entrada no pedido de reconhecimento da cidadania italiana.
      Gatto

  38. Antonio Manduca

    Boa Noite!

    Gentileza, consegui minha cidadania diretamente na Itália (Nápole). Meus filhos estão ingressando pedido da cidadania no consulado em SP. Gostaria de saber se a documentação para cidadania deles partem de mim ou tenho que me reportar ao meu avô (italiano); Grato.

    • gatto Post author

      Antonio,

      A documentação dos seus filhos devem partir sempre do seu “dante causa” que, no seu caso, é o seu avô. Mesmo que você já seja italiano reconhecido, a documentação parte sempre dele.

      Conte conosco!
      Gatto

  39. ELIAS CONOPCA

    Boa noite.
    Meu filho conseguiu o agendamento no Consulado do RJ primeiro que do o meu. Gostaria de saber se posso utilizar o mesmo processo dele, levando apenas as cópias autenticadas dos documentos deixados por ele ? Tenho que levar as minhas certidões (Nascimento e Casamento)?

    • gatto Post author

      Elias,
      Vc também está agendado no mesmo processo? Se sim, é possível utilizar a mesma pasta. Caso contrário, não é possível.
      Abraços,
      Equipe Gatto

  40. Helmuth

    Ola tudo bem estamos com uma duvida eu e minha esposa estamos correndo atras da cidadania e esbarramos em uma duvida a mae da minha esposa esta na italia fazendo a cidadania dela e ja esta tudo certo e ela vai morar la precisamos fazer todo o processo dos documentos desde o trisavo dela ou podemos utilizar os documentos da minha sogra quando chegarmos la alem dos nossos?

    • gatto Post author

      Olá Helmuth, boa tarde.

      Caso você faça em um local (comune) diferente do local onde a sua sogra efetuou o reconhecimento, será necessário preparar toda a documentação novamente, ou seja, desde o antenato italiano até vocês.

      Caso faça no mesmo comune da sua sogra, basta pedir ao ufficio stato civile para desarquivar a pasta já apresentada (pela sua sogra) e integrar com os documentos da sua esposa.

      Um abraço e conte sempre conosco!
      Equipe Gatto

  41. Tamirys

    Meu bisavo e tataravo eram italianos. Minha familia do Rio ja levou os documentos para tirar a dupla cidadania e so faltam buscarem o passaporte. Devo anexar o processo deles no meu?
    Eu posso tirar a minha cidadania diretamente aqui no Brasil? Ou meu pai e meu avo tambem precisam tirar? Eu sei que preciso levar os documentos de todos eles, mas pagaria a taxa de 300 euros so para mim? Ou teria que pagar 3 taxas, pra tirar conjuntamente a minha, do meu pai e do meu avô?

    • gatto Post author

      Tamirys,

      Em 1o lugar, cidadania não se tira, mas se reconhece!!

      Não é possível “anexar” seu processo a outro. É necessário iniciar outro desde o início.
      A taxa é individual, ou seja, por requerente. Se são 3 requerentes, serão 3 taxas.

      Equipe Gatto

  42. julio cesar contreira

    Bom dia por favor gostaria de saber o seguinte, minha prima tirou a cidadania dela na Itália certo, eu gostaria de saber se e possível retirar a minha usando parte da dela porem não sei a cidade que ela fez a dela sei que foi na Itália?tem como retirar no brasil? observação ela não passa o nome da cidade pois são ignorante e não se dão bem com o resto da família. obrigado

  43. Nathalia Morini

    Bom tarde.

    Estou começando o processo de cidadania e meu bisavó será meu dessedente.. meus pais precisam fazer a cidadania antes ou consigo tirar mesmo se eles não tiverem?

  44. Mariana

    Minha irmã foi registrada pelo o meu pai anos após o nascimento, ou seja, o reconhecimento de paternidade foi tardio. Temos todos os documentos perfeitos, traduzidos e etc. inclusive parte da minha família já tirou e eu estou indo a Italia muito breve. No caso da minha irma por parte de pai, a Advogada que traduziu os nossos documentos a priori disse que ela não pode tirar e precisa testar um processo novo que pode não dar certo. Isso é verdade? Já que ela foi reconhecida com escritura e com 3 anos de idade pelo meu pai que é um descendente Italiano? Abs e obrigada

    • gatto Post author

      Mariana, isto não é verdade.
      Se ela foi reconhecida pelo pai ainda na menoridade, ela é considerada um filho legítimo. Pergunta: seus pais eram casados quando do nascimento?
      Equipe Gatto.

  45. amanda calliari

    boa tarde…
    eu fiz a cidadania italiana, mas minha mae tambem gostaria de ter.
    neste aso é mais facil? teria que ir pra italia fazer tbm? nao ha uma forma mais simples?
    Neste caso seria mais facil( e barato) eu mesma acompanha-la na comune da cidade onde fiz a minha e tentar fazer ja que eu moro na europa?
    obrigada

    • gatto Post author

      Amanda,
      Sua mãe precisa fazer o mesmo processo que você, ou seja, precisa ir para a Itália, fixar residência e pedir o reconhecimento junto ao comune de residência.
      A única vantagem de você já ter feito o reconhecimento, consiste no fato de que ela não precisa necessariamente levantar toda a documentação novamente, pois o comune já os teria arquivado por lá.
      Isto serve para processos feitos no mesmo comune que você fez a sua.

      Infelizmente, não há forma mais simples. A alternativa, seria fazer diretamente no consulado italiano, no Brasil, mas esta opção é muito mais demorada.
      Equipe Gatto

      • Ariane Peres

        Boa noite, meu caso é parecido só que no caso minha mãe tem a cidadania e eu quero obter também, somente com a minha certidão de nascimento traduzida e legalizada eu posso obte-La? Com esse documento em maos vou para italia e incluo minha certidao no processo dela, nease caso ma comune de Verona. Obg.

  46. Juliana Ceccon

    Boa tarde,
    Tenho duas dúvidas, será que poderia me ajduar?
    1 – Meus trisavós eram italianos, minha avó recebeu a cidadania do pai e minha mãe nasceu após 1948. Sendo assim, eu tenho direito a cidadania?

    2 – Meu tio-avô, irmão da minha avó, já teve a cidadania reconhecida. Pelo que disse no texto acima, não preciso que minha avó e nem a minha mãe façam o processo para que eu possa dar entrada no meu, correto? Posso começar a partir do processo do meu tio-avô que já fez toda a busca primária dos antepassados?

    Muito obrigada!

    • gatto Post author

      Olá Juliana, seguem respostas:

      1) Sim, aparentemente você tem direito. Só reformulando a árvore: trisavô; bisavô, avó, mãe nascida após 1948 e você? Se for isso mesmo, seu caso é de reconhecimento administrativo e pode ser feito diretamente no comune ou consulado italiano no Brasil.

      2) Não, você não precisa que seus ascendentes tenham reconhecido a cidadania italiana antes de você, mas obrigatoriamente precisa produzir toda a documentação até o seu ascendente italiano, para reconhecer a sua cidadania italiana.
      Equipe Gatto

  47. Everton Murari

    Olá, meu pai faleceu a 4 anos, antes disso conseguiu a cidadania italiano.Se eu for a Itália, preciso de todas as certidões até chegar em meu bisavô? Ou só preciso das certidões dele ( pai) cidadão italiano?

    • gatto Post author

      Olá Everton, boa noite.

      Você precisa reunir as certidões até o seu bisavô. Mesmo que seu pai já seja cidadão italiano, o seu dante causa será sempre o seu bisavô.

      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  48. Olá, tenho uma dúvida.

    No consulado italiano do Rio todos os documentos dos meus ascendentes já estão lá devidamente organizados.
    Meu avô foi o último a tirar a cidadania italiana, mas faleceu em 1989. Minha avó tirou nos últimos 5 anos. Meu pai não quis tirar, mas eu tenho interesse. Tenho 25 anos e gostaria de tirar mesmo sem ele tirar.
    Como devo proceder? Vi a listagem de documentos e já tenho todos, menos o do meu pai que não tem a cidadania. Preciso de documentos dele também para realizar o processo?

    Muito obrigada!

  49. Boa noite
    Me chamo Lucas
    Tenho um tataravô nascido na ítala-Treviso
    Gostaria de saber se através dele é possível obter cidadania.
    Desde já, obrigado !

  50. Tiago Donegatti

    Olá Gatto!

    Estou na busca de documentos para comprovar a cidadania e foi um peso tirado das costas por saber que meu pai não precisa tirar. Ele já tem 60 anos.

    Agora, uma duvida. A certidão que me falta é a do meu avô, que nasceu em Ibitinga em 1923 porém o cartório não contem o registro pois foi perdido em um incêndio. Eles pedem que eu entre com um processo de restauração de certidão.

    Você sabe dizer se uma certidão negativa + certidão de casamento + certidão de óbito bastaria? Ou eu preciso mesmo entrar com o processo?

    Desde ja obrigado!

    • gatto Post author

      Olá Tiago,
      Somente o comune onde você realizará o processo poderá lhe dar esta informação.
      Onde nós trabalhamos, seria necessário reconstruir o documento sim.
      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  51. Luiz

    Bom dia,

    Minha mae e irmao já tem a cidadania emitida pela comune em Perugia. Minha pergunta é se poderia utilizar essa documentacao para iniciar minha cidadania em outra comune? É possível que uma comune emita documentos que serao reconhecidos por outras comunes na Italia?
    Com relacao aos precos para assessoria da Gatto, como devo proceder?
    Muito Obrigado

    • gatto Post author

      Olá Luiz,
      Isto até pode ser feito, mas no geral, não vale a pena, pois os comunes geralmente demoram muito para enviarem as pastas entre si.
      Deste modo, recomendo que você emita toda a documentação, mesmo que isto possa representar um gasto extra neste momento. Te economizará bastante tempo e, principalmente, dor de cabeça.
      Para receber nossa apresentação e proposta de trabalho, basta entrar em contato através do e-mail contato@gattocidadania.com
      Aguardamos seu contato.
      Permaneço sempre a disposição.
      Equipe Gatto.

  52. Juliana

    Boa tarde,

    Tudo bem?

    Estou pensando em fazer um mestrado na Itália de 10 meses. Caso eu vá, o fato de eu morar lá iria facilitar o reconhecimento e então agilizar o meu processo para tirar a cidadania italiana?

    Muito obrigada,

    Juliana.

    • gatto Post author

      Juliana,
      Certamente sim, pois você terá residência no país. Bastará, neste caso, apresentar o requerimento de reconhecimento da cidadania italiana, junto com os documentos comprovatórios de sua descendência.
      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  53. Rerisson

    Bom dia ! Me perdoe porque não fui muito preciso na minha pergunta, eu conheço a lei , mas, queria saber exatamente qual é o artigo,qual é o trecho que diz que posso saltar meu pai e pedir a cidadania …. Qual é o trecho que diz que qualquer geração pode pedir… Meu pai já é muito velho e me disse que não quer saber de nada… Pra eu me virar… É. Essa a minha duvida. Muito obrigado e espero que possamos fazer esse processo junto com vcs.

  54. Rerisson

    Bom dia, gostaria de receber uma informação e agradeço desde já. O senhor disse que posso fazer minha cidadania italiana sem precisar que meu pai o faça… Bem, lendo entendi que posso pedir sem precisar que meu pai faça primeiro… O senhor saberia me dizer qual é a lei italiana que trata isso? N.91 / 1992?

  55. Leticia

    Oi Gatto,
    por gentileza me da uma dica? Se minha mae reconheceu a cidadania dela na Italia ja, isso facilita no reconhecimento da minha cidadania atravez do consulado italiano no Brasil, em termos de prazo? Pois no caso eu so precisaria apresentar os documentos dela e meu, e não do italiano, eh isso? Muito obrigada!

    • gatto Post author

      Olá Leticia, tudo bem?
      Isto só seria verdade se você fosse menor de 18 anos.
      Se você já tiver ultrapassado esta idade, é necessário que inicie um novo processo, completamente independente do processo da sua mãe.
      Entenda que após você completar 18 anos, o seu dante causa (pessoa que lhe transmite a cidadania italiana) continua sempre sendo o seu antenato que imigrou da Itália.
      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  56. Alexandre Henrique

    Bom dia!

    Estou dando entrada na minha cidadania italiana e me surgiu a seguinte dúvida:

    Meu avô é o meu ascendente, nascido em 1947 na Itália e não naturalizado brasileiro, está vivo com sua saúde mental e física em funcionamento perfeito. Conversando com alguns amigos e inclusive italianos, eles me informaram que o meu caso é muito simples, pois meu avô é o ascendente e está vivo, ou seja, bastaria ele entrar com o processo de requerimento para passar a cidadania para mim. Não teria toda a burocracia de ficar aguardando no consulado italiano 15 anos ou ir até a Itália para o reconhecimento…

    Esta hipótese existe? Uma vez que já li em vários blogs, sites etc, informando que é repassada a cidadania automaticamente quando o filho é menor de 18 anos, ou seja, meu avô deveria ter passado a cidadania ao meu pai quando ele era menor de 18 anos e assim, consequentemente eu teria a minha. Porém, mesmo direcionando a resposta, queria uma opinião, se puder me ajudar, agradeço.

    Obrigado.

  57. Robinho

    Bom dia Gatto, minha Irmã e casada com um Italiano de forma legal a uns 11 anos e mora em Napoli, ela pode requerer a cidadania Italiana para minha Mãe. E se minha Mãe conseguir eu posso requerer a minha tb. Agradeço desde já.

  58. Arthur

    Oi tudo bem?
    Minha avó é cidadã Italiana. Mas meu pai, nascido em 1957, nunca solicitou a cidadania. Hoje estamos morando em estados diferentes eu no RS e ele em SC. A pergunta é se eu só posso pedir a minha cidadania no RS depois de ele conseguir no PR ou posso pedir a minha antes? Desde já agradeço!

    • gatto Post author

      Olá Arthur,

      Não é necessário que nenhuma geração reconheça a cidadania antes de você. Mesmo que a sua avó não fosse cidadã italiana, você poderia requerer assim mesmo.

      Dê uma lida no artigo que diz exatamente isso!
      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  59. Sidinei

    Meu pai conseguiu a cidadania italiana realizando o processo no Brasil. Tenho direito a cidadania também? Como é o processo?

    • gatto Post author

      Sim!
      Independente do seu pai ter feito o reconhecimento dele ou não, você continua tendo direito.
      Basta que você reuna os documentos necessários e apresente seu requerimento no lugar onde tenha residência.
      Se for no Brasil, deve-se escolher um consulado italiano de sua jurisdição. Caso queira fazer na Itália, deve-se ter residência no país e apresentar o requerimento diretamente ao comune de residência.
      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  60. Ronei

    bom dia!!

    meu bisavô é italiano, depois vem minha avó e depois meu pai (nasceu em 1955).
    nesse caso meu pai precisa pedir primeiro a cidadania dele pra depois passar pra mim?
    ou posso pedir junto com ele?
    aguardo retorno.
    obrigado

    • gatto Post author

      Olá Ronei, tudo bem?
      Não é necessário que nenhum dos seus antepassados reconheça sua própria cidadania antes de você.
      Vocês podem pedir juntos ou, caso ele não queira fazer o processo, você pode fazer mesmo se ele não reconhecer a dele.
      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  61. Maria

    Boa Tarde, passei a assinar o nome do meu pai após uma sentença judicial faltando 10 dias para completar 21 anos, ele e minha mãe nunca foram casados e não tenho contato com ele, consigo fazer o requerimento da minha cidadania sem saber se meu pai tem.

    Obrigada

  62. Anna

    Boa tarde,

    Por gentileza, eu gostaria de saber se posso fazer o requerimento da cidadania junto com meu pai, aproveitando os documentos, ou se eu devo fazê-lo em paralelo. Pergunto isso, pois preciso pedir as certidões dos meus bisavós na Itália e preciso saber se devo pedir mais de 1 via de cada documento.

    Obrigada!

    • gatto Post author

      Boa tarde Anna, tudo bem?

      Caso você esteja pretendendo ir junto com o seu pai para a Itália, vocês podem reconhecer as cidadanias de vocês simultaneamente e utilizando os mesmos documentos, sem a necessidade de apresentar duas vias dos documentos que compartilham em comum.

      Conte conosco!
      Equipe Gatto

  63. Annik Mercanti

    Boa tarde!

    meu pai e meu irmão já possuem a cidadania italiana. Posso utilizar a pasta da família para requerer a minha? Obrigada,

    • gatto Post author

      Boa tarde Annik, tudo bem?

      A sua pergunta é bastante relativa e depende exclusivamente do local onde a cidadania dos seus familiares foi reconhecida.
      Caso eles tenham reconhecido a cidadania deles no Brasil (através de algum consulado), não é possível utilizar nenhum documento apresentado. Isto significa que você precisa emitir todos os documentos novamente para apresenta-los onde você quiser reconhecer a sua própria.

      No entanto, caso eles tenham reconhecido suas cidadanias italianas em um comune italiano, você pode utilizar-se da pasta apresentada por eles sim! Veja abaixo nossas considerações sobre isso.

      Apesar de ser possível utilizar-se da pasta de um familiar que já iniciou o processo na Itália, é necessário ter cuidado para fazer isso!!!
      Caso você vá fazer exatamente no mesmo comune que eles fizeram, basta ter uma autorização (alguns comunes nem requerem esta autorização) e anexar os documentos que faltam.
      Caso você deseje fazer em um comune que não seja o que já fizeram, é necessário pedir a transferência dos documentos de um comune para o outro. Neste caso, nossa equipe recomenda que se inicie um processo novamente, pois esta transferência pode representar muito tempo e atrapalhar o processo. Não vale a pena!

      Nós nos colocamos a sua disposição para enviar o seu caso específico. Lhe orientaremos com o maior nível de detalhes e sem qualquer compromisso!
      Conte conosco.
      Equipe Gatto

  64. marcelo m. liporoni

    Olá, boa tarde, minha prima e também neta de meu bisavô que desembarcou em santos em 1901 conseguiu a dupla cidadania italiana, gostaria de saber se facilita para eu conseguir a minha também e os procedimentos a serem seguidos, desde já agradeço,

    Att.

    Marcelo M. Liporoni.

    • gatto Post author

      Marcelo, tudo bem?

      O fato de a sua prima já ter reconhecido a cidadania dela não faz com que o seu processo seja mais rápido apenas por este fato. O que facilitaria é que podemos localizar os documentos de forma mais eficiente através do processo dela, caso ela tenha reconhecido no Brasil.

      Nossa equipe lhe enviou um e-mail com maiores informações sobre o processo. Tente completar nossa planilha de árvore genealógica com maiores informações para que nós possamos lhe orientar da melhor maneira possível.

      Obrigado por contar conosco!

      Equipe Gatto

Adicionar comentário

Seu e-mail não vai ser divulgado. Preencha todos os campos *

Gatto Cidadania - CNPJ: 21.528.457/0001-43
P. IVA: 03439590781

EnglishItalianPortugueseSpanish